Arquivo

(Futura) futura mamãe

Esse é um post introdutório, contextualizando esse assunto dentro do meu blog pra vocês.
Estou querendo engravidar em breve e acho importante planejar um filho, algo tão transformador e importante na vida de um casal.

Vejo vários blogs e canais sobre gravidez, parto, etc mas EU ainda não vi (pode até ser que tenha) um que fale sobre a preparação para engravidar ou “pré”- gravidez.
Não tenho a pretensão de ensinar nada técnico ou médico para vocês, não sou profissional da área. Sou apenas uma mulher com um desejo grande de ser mãe e me preparar na medida do possível para essa “aventura” tão séria.
Pretendo aqui, como é a proposta de todo o meu blog, “trocar figurinhas”, dicas e experiências sobre o assunto, compartilhando com vocês o meu caso particular e convidando quem quiser acompanhar e/ou dividir comigo suas histórias também.Então…avalio que está chegando a minha hora de ser mãe e quero fazer o meu melhor.
Sei que não há muito mistério, mas já li e soube de algumas coisas que, aos poucos e conforme eu for fazendo, divido com vocês.
Espero que seja útil e ao mesmo tempo divertido.

Como cozinhar arroz integral parboilizado

Receita da semana: arroz integral. Eu adoro e já como há muitos anos, foi um hábito que aprendi com minha mãe.
Existem vários tipos de arroz e com o integral não é diferente: há muitos formatos, categorias, cores e consistências diferentes.
Eu vou mostrar o parboilizado, que é um arroz com um sabor bem suave e de fácil cozimento. Esse tipo de arroz (que tem do branco também) é conhecido por não formar a “papa”, fica sempre soltinho.
Outro dia apresento o tipo cateto, que é redondinho e mais macio, mas demora um bocado para cozinhar.
Não sei nem se o post se enquadra em receita, de tão fácil que é kkk…na verdade é mais uma demonstração. Mas, como sei que tem bastante gente que quer aprender o básico e quer comer algo saudável e descomplicado, resolvi mostrar como eu faço o meu arroz integral de todos os dias.

Eu uso de várias marcas, não muda muito a qualidade, só tome cuidado se o preço for muito discrepante. Hoje vou usar este da Ráris:

INGREDIENTES:
1 xícara de arroz integral parboilizado
3 xícaras de água fervente
sal a gosto
alho amassado ou em pasta (opcional)

MODO DE FAZER:
Lave o arroz e coloque na panela. Enquanto ele “frita” na água em que você lavou, junte o alho e o sal. Despeje a água fervente e abaixe o fogo.
Cozinhe com a panela semi-tampada por mais ou menos meia hora. Você pode provar o arroz depois de uns 20 minutos e ver a consistência que prefere: se mais mole ou mais “al dente”. Se estiver seco e quiser que cozinhe mais, acrescente mais água fervente.
Fica assim:

O arroz integral é fonte de fibras e ajuda no melhor funcionamento do intestino. Tem baixo índice glicêmico, por isso sacia por mais tempo, não sobrecarrega o fígado na digestão e te ajuda a ter menos fome. Esse que eu faço é super light, porque, como viram, não acrescento nenhum tipo de gordura no preparo.
Tentem fazer e me contem o que acharam.

Resenha: Carmex

Os lipbalms ou protetores labiais desta marca são bem conhecidos da maioria pela internet afora. Mas pra quem não conhece ou nunca usou: esse é o Carmex.

Os produtos da marca são bem famosos e baratinhos nos EUA. Por lá, são vendidos em farmácias e supermercados. No exterior, são vendidos em vários tipos de embalagem, sabores, aromas e versões. Aqui no Brasil, se não me engano, não vende. Pode ser que alguma lojinha específica de importados venda, eu só sei de blogs de meninas que viajam e revendem ou mesmo moram fora e enviam de lá.

Os Carmex são protetores labiais tipo remédio mesmo, diz na embalagem que contém cicatrizantes. Então, sabe quando os lábios estão realmente secos, rachados ou machucados? Vai de Carmex e você não se arrependerá. Aqui a ideia não é apenas hidratar, mas tratar.

Eu tenho essas três versões de embalagem, mas apenas duas variações de sabor: o original e o de cereja.

Este aqui eu prefiro deixar no banheiro e usar à noite antes de dormir, porque vem nessa embalagem em potinho, onde você aplica com os dedos, então é bom que estejam bem limpos, né? Pode aplicar com pincel também, mas igualmente é mais prático pra mim deixar em casa.  Não é fácil de passar se estiver na rua ou em algum outro lugar que tenha que tirar da bolsa e meter o dedão direto hahaha… Essa versão é sabor cereja e tem FPS 15.

A versão em bastão que eu tenho é idêntica a do potinho, mesmo sabor. Mas você pode tranquilamente levar na bolsa, mochila, deixar no carro, etc. Fácil de aplicar em qualquer lugar e momento.

A versão em bisnaga idem, só cuidando pra não sair muito na hora de apertar. Levo na necessaire sempre! É uma versão do sabor original.
A consistência do Carmex é firme e eles são transparentes meio amarelados. Todos tem praticamente o mesmo cheiro, que é meio que de remédio, de cânfora, até me lembra gelol...algo assim. Não é dos melhores aromas, mas também para ruim não serve. O gosto não é bom, mas vale a pena usar pela qualidade do produto e resultado que ele dá.
Então, como promessa de tratamento labial que diz ser cumpre a função maravilhosamente bem. Ele realmente salva os lábios, de fato “cura” se tiver algum ferimento e regenera a pele rapidamente.
Fora que se usar como hidratante labial é fantástico, deixa os lábios muito hidratados e macios mesmo! Eu adoro esses produtos e recomendo fortemente quem nunca usou a experimentar o Carmex, garanto que não irá se arrepender.

Puberdade e imagem corporal

O assunto não é leve, mas se faz necessário ser abordado: a puberdade e imagem corporal.

São tantas informações correndo por aí sobre moda, beleza, corpo, dieta, que ficamos confusos e já não sabemos mais o que fazer, o que seguir e como nos sentir. Isso me fez pensar nos adolescentes e pais desses jovens. Eu já fui uma adolescente, tenho sobrinhas que são e que ainda serão.

Hoje sou adulta e, mesmo assim, às vezes fico sobrecarregada de tanta coisa que leio e vejo, cheia de dúvidas, imagina uma adolescente nesse mar de “faça isso”, “seja aquilo”?
Sempre penso nas meninas que estão na puberdade, pois sei como é, a minha já não foi fácil e ainda não existia esse volume todo de informação. Nem a rapidez no fluxo de dados novos, com a internet. No máximo, umas revistas tipo Capricho rsrs
Então gostaria de falar para essas meninas (mas óbvio que vale para os meninos) que prestem atenção, porque não existe um modo único ou perfeito para se viver. Cuidem-se sim, tratem da aparência, se amem, mas sem neuras. Tudo passa e essa fase que pode parecer muito ruim e sem fim também vai passar. Por isso não vale a pena sofrer, seguir modismos, fazer coisas radicais, pois isso sim pode te marcar pra toda a vida e prejudicar sua saúde no futuro.
Aproveite a adolescência pra ser feliz, pra fazer o que você gosta, aprender, se conhecer e não se sinta obrigado a agradar ninguém.
Se você está infeliz sobre seu peso, seus dentes, seu cabelo, sua pele ou o que quer que seja a seu respeito, procure alguém que goste de você para conversar e pedir ajuda em como você pode melhorar.
Sempre procure um médico para te orientar e fique tranquila porque sempre existe uma solução ou uma melhora para qualquer problema. Mas essa é uma fase realmente difícil, pois nosso corpo está mudando. Não temos uma forma harmônica ainda e isso muitas vezes nos faz sentir estranhas, desproporcionais. Cada menina vai se desenvolver de maneira diferente, segundo sua genética e fatores hormonais, por exemplo. Mas tendemos a nos comparar com as outras e ficarmos ressaltando nossos defeitos, isso também é normal.
Além do aspecto físico, tentamos nos enquadrar nos grupos da escola, no modo de se vestir, falar ou se comportar que dizem que é legal e acabamos nos sentindo muitas vezes deslocados. Não somos mais crianças mas ainda não somos adultos. O importante é saber que isso o que você sente é normal e, repito, vai passar, é uma fase.

Por ora quero dizer que você precisa ser confiante em você, nos seus sentimentos, gostos e vontades. Confiante também no futuro, porque ele vai chegar de qualquer maneira e você precisa estar pronta e saudável pra ele.
Se amem! 😉

Meus batons da MAC para sair

Selecionei esses cinco batons da MAC como os meus preferidos para sair à noite ou de dia numa ocasião especial.
Mas NADA te impede de usar onde e quando você preferir e se sentir bem.
Eu mesma uso o vermelho e o laranja de dia quando estou afim. É que eles são tão lindos e diferentes que eu guardo para special moments.

Este é o Vegas Volt. Acabamento Amplified , ou seja, bem cremoso e pigmentado, É um laranja maravilhoso, que na minha opinião combina e muito com a primavera/verão que se aproxima.
Eu costumo usar com maquiagem neutra nos olhos, um marronzinho no côncavo e bastante rímel. Ele já é o destaque da make. Com roupa branca fica bem bonito.

A mesma coisa vale para o Impassioned, acabamento Amplified também, igualmente pigmentado e cremoso. Um pink lindo de morrer!!! Com sombra clara cintilante (shimmer) fica show e com tons de cinza-claro também!
Lembrando que é bom dosar as cores na pele e no blush com batons vibrantes assim…

Ruby Woo, o batom que me fez usar batom vermelho, de noite e de dia!!! Não sei como descrever sem me empolgar demais porque eu amo esse batom de todo o meu coração. O acabamento dele é Matte, o que significa que ele é opaco e seco. Supermegapigmentado, um vermelho intenso, vibrante e classudo.
Esse acabamento é o que torna ele usável de dia e dá o toque de fineza. E fica bem com olhos mais marcados para a noite, o que é um plus. Para o dia, com sombra clara e delineado, por exemplo.

É meio difícil de passar pela consistência mega seca, mas usando um pouco de lipbalm (hidratante labial) por baixo ajuda. Faça o contorno com pincel fininho para garantir que os limites da boca fiquem definidos, sem risco de você acabar ultrapassando e borrando.

O Myth é o tipo do batom que divide opiniões: ame-o ou odeio-o.
Isso acontece por causa da cor, a famosa “boca de morto” para alguns, para outros apenas um inocente tom de nude. Eu amo!
O acabamento dele é Satin e é muito pigmentado, mesmo sendo nude (parece um paradoxo), o que dependendo da cor da pele, apaga o contorno dos lábios por completo.
Ele é cremoso e fácil de passar. Eu acho que fica lindo com olhos bem marcados, tipo sombra preta ou marrom esfumada. Com sombra azul marinho, fica divino!
Porém, na minha opinião, acaba sendo restrito à noite, por meio que criar a necessidade de colocar bastante cor nos olhos e rosto.

Rebel, outro amor eterno e verdadeiro. O acabamento é Satin como o Myth,  ultrapigmentado. É um tom de roxo puxado para o vinho, perfeito para a noite e combina muito com outono/inverno.
Casa bem com maquiagem leve nos olhos, meio que seguindo a linha dos batons fortes/coloridos. Porém, dica secreta: com sombra prata fica deuso, recomendo.
É um batom que embeleza qualquer mulher e cai bem em todos os tons de pele.

Fiz esses swatches, com luz natural, para mostrar melhor as cores:

Nos lábios, ficam assim:

E vocês, quais batons gostam de usar para sair de casa e da rotina?

Ideia de lanche doce light

Na saga de tentar matar a vontade de doce sem comer doce, fiz para vocês uma receita diferentinha de lanche saudável. É fruta com iogurte, mas tem truque.
Descobri essa receita assistindo ao programa da Rita Lobo no GNT, o Cozinha Prática.
É simples, bem leve, saudável e mata muito a vontade de doce, porque fica tipo uma compotinha de maçã. Confiram:

INGREDIENTES:
1 maçã pequena ou média (de sua preferência, eu usei a Gala)
1 colher de sobremesa de mel
Canela a gosto
1 pote de iogurte natural (usei o grego de baunilha, pela consistência mais firme, mas faça com o que tiver em casa. Já fiz com natural desnatado ou o pronto pra beber e ficou ótimo)
Filme plástico

MODO DE FAZER:
Pique a maçã em cubinhos, coloque em um potinho que vá ao microondas
Coloque o mel sobre a maçã e polvilhe com canela.
Cubra com o filme plástico e faça um furo com uma faca
Leve ao microondas por 5 minutos (o tempo pode variar de acordo com a potência do seu microondas)
Retire do microondas e deixe esfriar completamente. Despeje o iogurte no recipiente em que vai comer o lanche e adicione a compotinha de maçã por cima.Tampe e leve a geladeira até a hora de consumir.

Dicas: Se precisar transportar para a escola/trabalho, pode levar em uma bolsa térmica, se a região em que mora é fria como a minha, não tem necessidade. Deixe para misturar na hora de comer e aproveite!!!
Pela foto, vocês podem não dizer, mas fica maravilhoso. E de quebra é nutritivo e super saudável.

Acreditem em mim e façam, Até a próxima receita!

Throwback Thursday: Festa junina!!!

Throwback Thursday! Meio atrasado o tema da foto, pois junho já foi há temposss… Mas ainda assim vale a pena, para compartilhar esse momento mágico e vocês poderem conhecer um pouquinho mais sobre mim e lugares por onde andei.
É sempre gostoso relembrar momentos e pessoas.
Nessa foto megaengraçada minha eu estava em uma festa junina. Minha cara não é das melhores mas garanto que tenho uma lembrança boa desse dia, gostei de ganhar o prêmio da pescaria, era um jogo de panelinha, pratinhos, copinhos. Adorava brincar com ele!
Já gostava de maquiagem pelo jeito e não percam o detalhe das unhas hahaha
Isso foi em um fim de tarde em Porto Alegre, numa sede campestre do trabalho da minha mãe. Estava com vergonha do meu amigo fofo, nos idos da década de 80.
Pensem numa lembrança boa sobre vocês nesta quinta 😉

Como fazer frango desfiado na panela de pressão

Descobri essa novidade na internet, mas não lembro onde. Até porque eu pesquisei e li em vários lugares, meio que duvidando que dava certo rsrs
Então agora, como eu já fiz várias vezes e vi que funciona, vou mostrar como faz…É mágico!
Segurem a emoção, se conseguirem.
ATENÇÃO: Se você é criança/adolescente e/ou nunca usou uma panela de pressão, peça ajuda a alguém que saiba como funciona!

Você vai precisar de:

Peito de frango (eu uso sem osso e sem pele, mas dá certo com o outro)
Água (quantidade que cubra o frango)
Uma panela de pressão

Cozinhe o frango por aproximadamente 15 minutos, depois que levantar fervura e a panela começar a fazer barulho.

Retire do fogo, aguarde a pressão sair e somente depois de testar a válvula e se certificar que não há mais pressão alguma, abra a panela e escorra a água.

Tampe novamente a panela e chacoalhe com força, para todos os lados. Pronto!!! Eis o seu frango desfiado:

É incrível, não? Poupa tempo de ter que ficar esperando o frango esfriar, nossas unhas e a bagunça na cozinha, evitando sujar as mãos e mil utensílios.
Achei meio zerador de vida! Testem essa dica mega prática e me contem.

Resenha: After Party – Bed Head, da Tigi

Este produto já foi bem famosinho na blogosfera: o After Party da Bed Head.
Todo mundo falava que tinha que ter e experimentar, foi uma febre. A embalagem é linda, diferente e muito divertida, meio que dá vontade de ter. Então, depois de todo mundo, comprei para testar e vim contar o que achei.

Ele promete resgatar um cabelo dormido ou “mal-dormido”. Serviria literalmente para o que o nome em inglês diz: pós-festa. Tipo, você saiu, foi a uma festa que tinha gente fumando por perto, suou dançando, entre outras coisas que podem acontecer numa balada as quais não sei porque não vou à balada. No outro dia, seu cabelo está fedendo a cigarro, podrinho. Usa o Bed Head e tcharãn! Seu cabelo estaria cheiroso e renovado.
Mas claro que o uso não é tão restrito: você pode simplesmente querer modelar o cabelo, dar um cheirinho bom, usar só como leave in ou coisa do tipo.

O aspecto do produto é branco, meio brilhoso e levinho, parece um mousse. Eu coloco um pouco na palma da mão e esfrego as duas, depois espalho no comprimento dos fios, meio que amassando para dar uma modelada. Já ouvi pessoas na internet que disseram que dá pra usar como protetor térmico, mas eu nunca testei para este fim, então não posso falar se funciona.

Olha, para ser sincera, no meu cabelo não notei nada magnífico 🙁
É um produto bom, tem cheiro bom e tal, mas é caro, então eu esperava mais dele. Talvez porque tenham falado tanto, criei expectativa demais.
Ele ajuda a dar um brilho extra, a modelar, mas nada sensacional que eu não possa viver sem e que outros mais em conta não desempenhem a mesma função com maestria. Por isso, não comprarei um segundo frasco.
Adoro a marca e a linha, mas o After Party não curti 🙁

Pizza saudável e fácil

Esta pizza é para quem está com vontade de comer pizza (!!!), preguiça de cozinhar e quer manter a linha saudável. Perfeita para um domingo à noite, que foi quando comemos da última vez aqui em casa.

Ela sacia a fome, mas é leve e muito, muito gostosa! Eu usei a massa integral pronta, mas outro dia posso postar a receita da massa integral caseira, que também fica ótima, mas requer um pouco mais de trabalho e paciência. Hoje optei pela praticidade mantendo a saúde 😉

Você pode encontrar a massa de pizza integral nos supermercados ou padarias. Eu comprei a da marca Massas Bérgamo, que veio com dois discos em uma embalagem.
INGREDIENTES:
1 massa de pizza integral pronta
1 colher de sopa de molho de tomate
1 lata de atum em pedaços em água
1 colher de sopa de maionese light
8 fatias finas de queijo mussarela
meia cebola cortada em tiras bem fininhas (opcional)
orégano a gosto
Dica: peça na seção de frios para fatiarem o queijo na hora, pois as fatias geralmente são mais grossas naquelas bandejinhas que compramos com os frios já fatiados.
MODO DE FAZER:
Coloque o disco de pizza em uma fôrma própria e espalhe a colher de molho de tomate.
Preaqueça o forno a 250° enquanto prepara a pasta de atum, misturando em uma tigela o atum e a maionese. Corte a cebola.
Ponha a metade das fatias de queijo em cima do molho de tomate, espalhe a pasta de atum e ponha o restante do queijo por cima da pasta. O ideal é que não cubra toda a pasta com o queijo, ficarão à mostra algumas partes do atum.
Distribua as tiras de cebola na pizza e polvilhe orégano na quantidade em que preferir.
Leve ao forno por 15 minutos ou até que derreta todo o queijo e comece a borbulhar levemente.
Voilà:

Bon appétit! (A vibe tá francesa por aqui)